Domingo, 1 de Agosto de 2010
adé

Adé Santos Ferreira foi um dos autodidatas que me deu mais prazer em conhecer. Este macaense amou a sua terra como poucos. Fomos bons amigos atraídos pela poesis e pelo ténis. Adé foi o grande mentor dos espectáculos em dialecto "patuá". Como braço-direito do magnata Stanley Ho, sempre cumpriu as suas funções com a maior cordialidade para com os portugueses. Deixou um vasto espólio cultural macaense.

 



tags:

publicado por João Severino às 00:04
link do post | comentar | adicionar aos favoritos
partilhar

6 comentários:
De MACAU BANGKOK O MAR DO POETA a 1 de Agosto de 2010 às 11:35
Estimado Amigo João Severino,
Igualmente conheci esse gentil senhor, poeta, escritor e ensaiador, Adé Santos Ferreira, o mais macaense de todos os macaenses.
O Governo de Macau, em sua homenagem, colocou o seu busto num dos jardins de Macau, sito na Avenida da Amizade.
Abraço amigo


De joãoeduardoseverino a 1 de Agosto de 2010 às 12:15
Caro António
É com satisfação que registo a sua visita. Como eborense e residente de Macau reconheço que o Adé foi um dos melhores amigos dos portugueses e de Macau.
Abraço


De MACAU BANGKOK O MAR DO POETA a 1 de Agosto de 2010 às 14:28
Estimado Amigo João Severino,
Eu, a si o conheci em Macau, durante muitos anos, e sempre fui admirador de suas letras nos jornais emq ue publicava, tenho comigo um vasto artigo, de sua autoria, "NADAR PARA QUE LIBERDADE?" publicado na Gazeta Macaense, de 1 de Outubro de 1986.
Por essa altura andava eu embarcado numa vedeta Bravo.
Também sou Eborense, e vivo em Macau desde 1964.
Um abraço amigo cá do conterrâneo.


De MACAU BANGKOK O MAR DO POETA a 1 de Agosto de 2010 às 14:37
http://cambetabangkokmacau.blogspot.com/2009/12/ade-jose-dos-santos-ferreira.html

Um artigo intressante sobe o Grande Poeta e Ilustre Macaense e Amigo Pessoal, Adé - José dos Santos Ferreira.
Um abraço amigo com votos de óptimo fim de semana.


De joãoeduardoseverino a 1 de Agosto de 2010 às 20:50
Caro António
Muito obrigado pela sua consideração e amizade. E como dizem lá na nossa terra "tal tá a moenga, ãh.
.."
Abraço para si e para todos os amigos que em Macau me recordem.


De Pedro Macau a 2 de Agosto de 2010 às 00:25
o que foi colocado nao eera busto mas sim uma estatua bo chamdo jardim dos poetas...


Comentar post

Macau pertenceu à administração portuguesa. Essa realidade faz parte dos registos históricos de uma nação que marcou presença nos quatro cantos do mundo. A Oriente, milhares de portugueses viveram como lhes foi possível. Em Macau, a continuidade lusa mantém-se, mas o passado foi muito significativo. Fiz parte desse passado de uma forma intensa. Portugueses, macaenses e chineses, conheci muitas centenas. De alguns guardei as fotografias que memorizam a vivência. Humanos e a urbe macaense completam um espólio fotográfico que possuo de mais de seis mil fotografias e outras mais que ainda devem estar em caixas por abrir. Neste sentido, resolvi ir publicando aqui neste MACAU PASSADO o espólio que for possível. Espero que vos agrade e que possam recordar Macau sem complexos, sem rancores e sem tibiezas. Macau sã assi...

João Eduardo Severino
.posts recentes

. pouca esperança

. hóquei em patins (3)

. leonel borralho

. fandango

. andré couto (2)

. assembleia legislativa (2...

. chá da manhã

. tordo

. alentejanos

. a amizade não tem preço

.arquivos

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

.tags

. todas as tags

.links
blogs SAPO
.subscrever feeds