Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Macau Passado

Macau Passado

25
Mar11

sampaio

João Severino

 

 

 

 

 

> Durante o "reinado" de Jorge Sampaio com a tutela de Macau manifestei por diversas vezes em editoriais do meu jornal e em cartas enviadas às autoridades governativas de Portugal e de Macau, que a imprensa portuguesa no território corria grave perigo de subsistência se os responsáveis não se decidissem por qualquer forma de apoio igualitário.

Infelizmente, houve jornais que receberam avultadíssimos subsídios mensais durante anos através dos departamentos governamentais de Macau.

As minhas preocupações também foram manifestadas à Presidência da República, mas Jorge Sampaio nunca se dignou responder à questão.

Quando da visita oficial do Presidente Sampaio a Macau, os directores de jornais foram convidados para jantar com o Presidente. Obviamente que recusei o convite e o meu lugar na mesa ficou vazio. Além disso, dirigi-me pessoalmente à conferência de imprensa que manteve com os jornalistas chineses e portugueses e apresentei a questão da imprensa portuguesa. Foi a única pergunta que não obteve resposta. Naquele momento, fiquei a saber que os Presidentes da República não são de todos os portugueses...

 


 

Comentar:

CorretorMais

Comentar via SAPO Blogs

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Macau pertenceu à administração portuguesa. Essa realidade faz parte dos registos históricos de uma nação que marcou presença nos quatro cantos do mundo. A Oriente, milhares de portugueses viveram como lhes foi possível. Em Macau, a continuidade lusa mantém-se, mas o passado foi muito significativo. Fiz parte desse passado de uma forma intensa. Portugueses, macaenses e chineses, conheci muitas centenas. De alguns guardei as fotografias que memorizam a vivência. Humanos e a urbe macaense completam um espólio fotográfico que possuo de mais de seis mil fotografias e outras mais que ainda devem estar em caixas por abrir. Neste sentido, resolvi ir publicando aqui neste MACAU PASSADO o espólio que for possível. Espero que vos agrade e que possam recordar Macau sem complexos, sem rancores e sem tibiezas. Macau sã assi...

João Eduardo Severino

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D