Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Macau Passado

Macau Passado

29
Mar11

andré couto

João Severino

 

 

 

 

André Couto e Catarina Severino com o campeão de motos Ron Haslan

 


> O "vírus" do piloto André Couto pelos desportos motorizados fica provado nesta fotografia já com alguns anos bons. Ainda criança, durante todos os Grandes Prémios de Macau, acompanhado da minha filha, era vê-lo a percorrer as boxes, pedindo autógrafos a todos os pilotos e a fazer dezenas de perguntas. Um dia, o Jean Alesi disse-me: "Aquele puto é chato com as perguntas mas vai longe... o puto gosta disto e parece que já está apaixonado por um dia vir a ter um capacete como o meu". Alesi, Ayrton Senna, Michael Schumacher, Mika Hakkinen, Damon Hill, Stephen Johasson, Jacques Villeneuve, Ivan Capelli, Mauricio Gugelmin, David Coulthard, Emanuel Pirro, John Nielsen, Andy Wallace, Martin Donnely, Eurico Bertaggia, David Brabham, Rickard Rydell, Jorg Muller, Sascha Maassen, Gerard Berger e tantos outros pilotos bem tiveram de "aturar" na pista de Macau o jovem André Couto. Obviamente, que o "vírus" tinha de ficar introduzido. O jovem que cresceu em Macau fez-se homem e piloto. Hoje, Couto é um dos melhores no GT do Japão.

 


 

Mais sobre mim

foto do autor

Macau pertenceu à administração portuguesa. Essa realidade faz parte dos registos históricos de uma nação que marcou presença nos quatro cantos do mundo. A Oriente, milhares de portugueses viveram como lhes foi possível. Em Macau, a continuidade lusa mantém-se, mas o passado foi muito significativo. Fiz parte desse passado de uma forma intensa. Portugueses, macaenses e chineses, conheci muitas centenas. De alguns guardei as fotografias que memorizam a vivência. Humanos e a urbe macaense completam um espólio fotográfico que possuo de mais de seis mil fotografias e outras mais que ainda devem estar em caixas por abrir. Neste sentido, resolvi ir publicando aqui neste MACAU PASSADO o espólio que for possível. Espero que vos agrade e que possam recordar Macau sem complexos, sem rancores e sem tibiezas. Macau sã assi...

João Eduardo Severino

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D