Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Macau Passado

Macau Passado

13
Jul11

aeroporto (2)

João Severino

 

 

 

> E assim tudo começo no referente às obras do aeroporto. Com um aterro entre a Taipa e um ilhéu maravilhoso que existia e o qual cheguei a visitar a nado. O referido ilhéu serviu de base de apoio para a existente torre de controlo de tráfego aéreo. O terminal do aeroporto seria construído neste local que as imagens nos mostram.

 

 

22
Jun11

hotel do aeroporto

João Severino

 

photo jotaesse

 

 

> Num certo dia, já com as obras de construção do aeroporto de Macau a decorrer, alguém à mesa de um dos melhores restaurantes chineses do território, atirou para a mesa: "E que tal, propormos ao governador uma ideia que um kwailô me deu?". O kwailô tinha sido eu e a ideia era simples. Um aeroporto necessita por perto de um hotel. Foi tiro e queda... Mesmo junto ao terminal e com uma ponte-passadeira directa ao edifício, nasceu num ápice o Hotel do Aeroporto.

 

12
Abr11

aeroporto

João Severino

 

 

 

 

 

> A construção do aeroporto internacional de Macau foi o resultado da vontade do "megalómano", "maníaco" e "irracional" governador Almeida e Costa (como no tempo do seu mandato foi apelidado pelos seus adversários políticos). A verdade, é que a obra seria terminada sob a égide de outro governador (Rocha Vieira) e com a presença do Presidente da República Mário Soares.

Uns meses antes da inauguração do aeroporto reparei que o terminal não possuia qualquer indicação de que se tratava do aeroporto de Macau. Mencionei o facto no meu jornal e foi uma bronca. O governador de imediato chamou à atenção dos responsáveis pela edificação do empreendimento e, assim, foi colocado no cimo do terminal, em dimensões bem visíveis, em português e chinês, AEROPORTO DE MACAU. Passados uns tempos, o arquitecto americano George Emery, da empresa responsável pela obra, desabafou para comigo durante uma conversa: "Você bem me lixou. Por causa de si é que tivemos de gastar uma pipa de massa para inscrever o nome do aeroporto no terminal...".

 

Mais sobre mim

foto do autor

Macau pertenceu à administração portuguesa. Essa realidade faz parte dos registos históricos de uma nação que marcou presença nos quatro cantos do mundo. A Oriente, milhares de portugueses viveram como lhes foi possível. Em Macau, a continuidade lusa mantém-se, mas o passado foi muito significativo. Fiz parte desse passado de uma forma intensa. Portugueses, macaenses e chineses, conheci muitas centenas. De alguns guardei as fotografias que memorizam a vivência. Humanos e a urbe macaense completam um espólio fotográfico que possuo de mais de seis mil fotografias e outras mais que ainda devem estar em caixas por abrir. Neste sentido, resolvi ir publicando aqui neste MACAU PASSADO o espólio que for possível. Espero que vos agrade e que possam recordar Macau sem complexos, sem rancores e sem tibiezas. Macau sã assi...

João Eduardo Severino

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D