Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Macau Passado

Macau Passado

12
Jul11

cnn

João Severino

 

 

 

> Antes da passagem de administração para a RPC, a cadeia de televisão CNN deu grande importância aos assuntos relacionados com Macau. Sempre que o famoso repórter da CNN, Mike Chinoy, se deslocava ao territória lá me vinha "cravar" uma entrevista.

 

 


28
Jun11

grande prémio (1)

João Severino

 

 

 

> O governador Vasco Rocha Vieira [acompanhado por Salavessa da Costa (um dos maiores entusiastas pela realização do Grande Prémio), Rodolfo Faustino (um dos maiores mentores e eficientes funcionários da Administração portuguesa em prol do turismo macaense) e o autor deste blogue] troca impressções sobre a corrida de F3 com o piloto de Macau Jo Merszei. Para que este piloto pudesse participar no Grande Prémio, o autor deste blogue envidou os maiores esforços tendo conseguido realizar o sonho do piloto. Merszei viria a manifestar-se um cidadão muito ingrato.

 

 

30
Mar11

o primeiro

João Severino

 

 

 

 

 

 

 

 

 

> O semanário VECTOR foi o primeiro jornal independente em Macau. Por quê? Porque foi editado com o meu dinheiro. O jornal contou com o apoio logístico do staff do semanário 'Tribuna", José Rocha Dinis, Helder Fernando, Arnaldo Ferreira e Humberto Abreu. O VECTOR dedicou-se mais aos aspectos económicos do quotidiano macaense e teve como correspondente em Lisboa, Fernando Lima, que hoje é assessor do Presidente da República Cavaco Silva. O VECTOR "deu nas vistas" quando o meu jipe passou a publicitar o seu cabeçalho.

 


 

23
Set10

rádio macau (2)

João Severino


O autor deste blogue manteve vários programas a partir dos estúdios antigos da Rádio Macau. Um dos programas mais populares foi o "San Ma Lou", designação em chinês da artéria mais movimentada da cidade, a Avenida Almeida Ribeiro. Contudo, será interessante dizer que "San Ma Lou" não é a tradução directa de Almeida Ribeiro, mas sim "A rua dos cavalos" porque no antigamente era por aquela artéria que os cavalos circulavam para o transporte de mercadoria e de pessoas. A designação do programa "San Ma Lou" estava directamente ligada à variedade de produtos existentes nas muitas lojas da Avenida Almeida Ribeiro. Por esse motivo, o programa radiofónico inseria uma variedade de géneros musicais e muitas rubricas bem diferenciadas nos seus temas e nos convidados para entrevistar.

 


21
Set10

correspondente

João Severino


O autor deste blogue foi o primeiro correspondente em Macau dos jornais diários "A Bola" e "Correio da Manhã". Infelizmente, muitos mercenários do jornalismo com memória curta não respeitaram factos históricos como este aqui divulgado. Com muito orgulho guardo religiosamente estes cartões de identidade profissional assinados em 1980 pelos grandes mestres Carlos Miranda e Vítor Direito.

 


20
Set10

nobel

João Severino


O bispo de Díli, D. Ximenes Belo foi galardoado em 1996 com o Prémio Nobel da Paz, juntamente com o activista timorense José Ramos Horta.
Na oportunidade, o autor deste blogue viajou para a Noruega no mesmo avião de D. Ximenes a fim de realizar a cobertura da cerimónia para o seu jornal 'Macau Hoje'. Uma experiência inesquecível.

 


17
Set10

grande prémio (2)

João Severino


Um momento histórico na vivência do autor deste blogue em Macau. Foi o primeiro português do continente a subir ao pódio de uma corrida do programa do Grande Prémio de Macau. Um honroso terceiro lugar em 1983, o mesmo ano em que Ayrton Senna venceu em Fórmula 3. No pódio, o primeiro e segundo lugares foram para os macaenses Pedro Lobo e Belmiro Aguiar.

 


07
Set10

rádio (1)

João Severino


Durante muito tempo o autor deste blogue realizou um programa na Rádio Macau de nome "San Ma Lou". Pela primeira vez em Macau um programa de rádio foi apresentado ao vivo e em directo, com a supervisão técnica do saudoso profissional João Canedo. Aconteceu com o "San Ma Lou" e teve lugar no Largo do Senado, que esteve repleto de espectadores portugueses e chineses. E chineses por quê? Porque convidei para estarem ao meu lado os locutores da "Ou Mun Tin Toi" Heidi Ho e Paulo Chan (na imagem). Coincidências da vida: anos mais tarde, enquanto Heidi Ho viria a manter comigo a maior cordialidade na função de presidente do Instituto Cultural de Macau, Paulo Chan - sem ter a mínima ideia do que estava a fazer - viria a condenar-me em tribunal como magistrado do Ministério Público, num processo injusto de liberdade de imprensa.

 


Mais sobre mim

foto do autor

Macau pertenceu à administração portuguesa. Essa realidade faz parte dos registos históricos de uma nação que marcou presença nos quatro cantos do mundo. A Oriente, milhares de portugueses viveram como lhes foi possível. Em Macau, a continuidade lusa mantém-se, mas o passado foi muito significativo. Fiz parte desse passado de uma forma intensa. Portugueses, macaenses e chineses, conheci muitas centenas. De alguns guardei as fotografias que memorizam a vivência. Humanos e a urbe macaense completam um espólio fotográfico que possuo de mais de seis mil fotografias e outras mais que ainda devem estar em caixas por abrir. Neste sentido, resolvi ir publicando aqui neste MACAU PASSADO o espólio que for possível. Espero que vos agrade e que possam recordar Macau sem complexos, sem rancores e sem tibiezas. Macau sã assi...

João Eduardo Severino

Arquivo

  1. 2011
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2010
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D